"*RÁDIO SOTELO*"

quinta-feira, 24 de janeiro de 2013


SARÇA ARDENTE 

O Novo Testamento tem um valor primordial para nossas vidas, pois nele está registrado tudo o que o homem deve fazer para alcançar a salvação. No antigo testamento está a lei de Moisés, e quando Jesus disse que trouxe um novo mandamento (João cap 13 vs. 34) temos a impressão de que o Antigo Testamento não tem mais valor. Então porque temos o Antigo Testamento em nossas Bíblias?
Na verdade o Antigo Testamento não tem valor para salvação, mas os exemplos de vida e os demais ensinamentos contidos no Antigo Testamento são de grande importância para nossas vidas. Apesar da salvação estar no Novo Testamento o Antigo traz consigo ensinamentos e conselhos para nossa vida natural, especialmente no que diz respeito a riqueza e prosperidade.

No livro de Êxodo, capitulo 03 fala sobre a visão da Sarça Ardente de Moisés quando estava no monte Horebe (sinai). Além da grande manifestação do poder de Deus em não deixar que as chamas consumissem a sarça temos outros fatores para analisar.

Começando pelo verso 01 Moisés chegou ao monte Horebe (sinai) o Senhor se revelou a ele, ou seja, quando Moisés estava no monte Deus falou com ele. Podemos aprender então que sempre que subimos ao monte Deus se revela a nós. Subir ao monte significa deixar as coisas naturais para o lado (ainda que por alguns momentos) e buscar a face de Deus.

Trazendo para nossa vida prática é quando deixamos os problemas para buscar a face de Deus. Ninguém pode entrar na presença de Deus se não se concentrar e ficar livre para Ele, não estou sendo hipócrita eu também tenho problemas e sei como é difícil esquecer deles mesmo quando estou na igreja. Contudo preciso entender que depois de estar na presença de Deus terei melhores condições de enfrentar qualquer problema. Como pastor vejo todos os dias pessoas que procuram a igreja, mas não limpam suas mentes para o agir de Deus. Eu sei que não é fácil, mas é preciso esquecer dos problemas e buscar unicamente a face de Deus.

Deus se revela a Moisés em uma sarça de fogo ardente (verso 02). Sarça é planta espinhosa da família das fabáceas do gênero Acácia. O mesmo das árvores conhecidas genericamente no Brasil pelo vernáculo "Jurema". A sarça era comum naquela região, naturalmente nenhuma sarça chamou a atenção de Moisés (em especial), senão aquela que queimava.

O fogo simboliza a Glória de Deus (Êxodo cap 24 vs. 17), é simbolo do Espírito Santo. O fogo ilumina, aquece, purifica, transforma, entre outras características. Enquanto a sarça é o homem comum. Como eu ia dizendo nenhuma sarça chamou a atenção de Moisés, senão a que queimava.
Nenhum homem (ou mulher) é especial, senão aquele (ou aquela) que tem o espírito santo em sua vida. O fogo queimava por si e não precisava da sarça para se manter, isso foi o que realmente chamou a atenção de Moisés. Moisés aprendeu então que Deus não precisa de nenhuma força natural para queimar.
A sarça ardia em chamas e não se consumia. Aqui podemos aprender que assim como o fogo não precisava da árvore para se manter o poder de Deus não precisa de nós, do mesmo modo que nossas qualificações naturais não são nada diante do poder de Deus. É importante estudar e se qualificar, mas quando estamos diante de Deus nossa qualificação não vale nada.
Moisés sendo filho adotivo da filha de faraó (Êxodo cap 02 vs 01 a 10) recebeu a melhor educação que poderia receber, com certeza os melhores conceitos morais e éticos foram ensinados. Quem melhor que Moisés então para retirar o povo do Egito?
No verso 10 Deus manda Moisés para libertar o povo do Egito, com certeza se fosse eu no lugar de Moisés diria, realmente Deus, eu tenho a educação e o conhecimento necessário para livrar o povo do Egito, inclusive conheço toda a casa de faraó e por isso digo que estou pronto.
Talvez, diferente de mim e de você, no verso 11 Moisés pergunta quem ele é para livrar o povo do Egito. A visão da Sarça Ardente mudou a visão de Moisés, ele compreendeu que do mesmo modo que o fogo não precisava da árvore, Deus não precisava dele. Desde então Moisés compreendeu que toda qualificação natural que ele tinha não era nada diante de Deus. Para confirmar isso no verso 12 Deus responde que iria com moisés, ou seja, não importa quem é você e sim quem é Deus.
Sendo assim precisamos mudar nossa postura diante de Deus o mais rápido possível; compreender que Deus fará sua vontade independente da nossa intervenção ou vontade. E vivermos também sabendo que nós precisamos de Deus. Deus disse que iria com Moisés e por isso ele foi vitorioso, que em nossas vidas Deus vá conosco e desta forma seremos vitoriosos seja qual for a batalha.