"*RÁDIO SOTELO*"

domingo, 10 de fevereiro de 2013


O justo é prudente como a serpente


O justo é prudente como a serpente
Mateus 10.16. Eis que vos envio como ovelhas ao meio de lobos; portanto, sede prudentes como as serpentes...
Jesus pede para que o crente seja prudente como uma serpente. Falaremos um pouco sobre este animal
Característica
Serpente: Reptil sem patas que se alimenta de carne e ovos, e de vasta espécie dependendo a espécie pode correr de 13 km/h a 20 km/h. seu peso depende da sua éspecie: Tem por hábito de estrangular suas vitimas quando não mata envenenado. No Brasil existe 321 delas aproximadamente 10% do total do mundo, das quais apenas 36 são peçonhentas, pois no mundo existem média de 2.930 espécies de serpentes.
As serpentes não tem orelha externa, ela só consegue detectar o barulho pela a vibração. As serpentes não sentem o cheiro propriamente pela narina.Todo o sistema de captação de partículas dispersas no ar, que constituem o odor, é realizado pela língua. Isso faz com quer ela conheça o ambiente mesmo no escuro. Ela não enxerga como os homens, pois tem um sistema de infravermelho no globo ocular que a leva captar a imagem através do calor do corpo.
Vamos agora para prudência desse animal
Por prudência a serpente vive em alerta discernindo bem o perigo ainda distante e em qualquer circunstância da natureza, pois seus sentidos faz o discenimento e logo ela bate em retirada.
A Bíblia diz que temos que discernir o que é de Deus e o que não é. Heb.5.14. Mas o mantimento sólido é para os perfeitos, os quais, em razão do costume, têm os sentidos exercitados para discernir tanto o bem como o mal.
É prudente desvia de tudo que é mal para não ser tragado, ou contaminado. Disse Paulo.1º Cor. 2.15. Mas o que é espiritual discerne bem tudo, e ele de ninguém é discernido. Veja que em qualquer circunstância ela percebe o perigo, isso significa que a prudência faz ela viver em alerta em mundo de muito risco. Vigiar e discenir é ser prudente.
Por prudência a serpente não anda em exibição, mas anda bem escondida essa prudência a faz ter êxito nas investidas tanto no combate quanto na hora de se alimentar. Ela sabe que essa falta de prudência também pode lhe custar a vida. Pois, é um animal muito perseguido por gaviões e outros predadores.
O servo prudente não é exibido. Vejamos o que João disse: É necessário que ele cresça e que eu diminua. A exaltacão tem levado a queda de muitos Prov. 16.18. A soberba precede a ruína, e a altivez do espírito precede a queda.
Se o servo de Deus quer ter vitória em todas a investida tem que ser humilde e se esconder em Deus, colocando-o sempre enfrente de tudo. Fazendo assim o bote será certeiro e evitará perseguições desnecessária, porque quem quer aparecer termina desaparecendo. Essa prudência deve todo servo praticar.
Por prudência a serpente faz a sua morada no fundo das cavernas rochosas. Nas grandes rachaduras das penhas, lugar de difícil acesso e quase impenetrável, ela não é como as minhocas que em qualquer terreno faz sua casinha. Essa prudência, propicia a serpente estabilidade, e uma boa segurança contra os eventuais fenômeno da natureza e ataque de inimigos. Dando-lhe uma reprodução tranquila e constante.
No livro de Mat 7.24 a 27. A Bíblia ensina que o homem prudente edifica sua casa na rocha. Veja: Todo aquele, pois, que escuta estas minhas palavras, e as pratica, assemelhá-lo-ei ao homem prudente, que edificou a sua casa sobre a rocha;
Esse versículo deixa bem claro que aquele que não ter essa prática ensinada por Jesus, é imprudente e vive como as minhocas a mercê, sem segurança, tornando-se vulnerável a ser isca para peixe e ter a casa inundada.
A palavra de Deus é garantia de benção espiritual e material. Edificar a casa na palavra de Deus, é prudência e reprodutividade segura.
Por prudência a serpente troca-se várias vezes a pele que a cobre... Deixando-lhe mais renovada. Pois, a casca retirada estava desgastada e cheia de parasitas. Com esse feito a serpente adquire habilidade e um bom desempenho na vida. A falta dessa renovação fará que tenha, uma vida monótona sem habilidade. Pois, a proliferação de parasitas lhe trará problema de saúde gravíssimo e por fim a morte.
O servo prudente não vive sem renovação. O tempo e as circunstância e até mesmo o pecado não confessado corroe a fé, e traz desanimo. Exemplo de ataque circunstâncial: Josué, quando Moisés morreu ele precisou de renovação para continua a caminhada Jos. 1.6. Esforça-te, e tem bom ânimo; porque tu farás a este povo herdar a terra que jurei a seus pais lhes daria. Elias, quando foi perseguido por Jezebel. 1° Re. 19.4.8. Ele, porém, foi ao deserto, caminho de um dia, e foi sentar-se debaixo de um zimbro; e pediu para si a morte, e disse: Já basta, ó Senhor. Toma agora a minha vida, pois não sou melhor do que meus pais. E Deus disse: Levanta-te e come, porque te será muito longo o caminho.
Esses homens foram renovado pela mensagem que receberam do próprio Deus. E, jogaram fora a casca de desanimo e se renovaram no Senhor. Ataque pelo o tempo. Paulo disse: Porque ainda um pouquinho de tempo, E o que há de vir virá, e não tardará. Nunca devemos perder a esperança. Jesus virá buscar a sua Igreja. E, pelo o pecado não confessado: Prov.28.13. O que encobre as suas transgressões nunca prosperará, mas o que as confessa e deixa, alcançará misericórdia. O pecado gera a morte é a parasita mais agressiva de todas.
Mas, o prudente renova-se sempre, não aceita parasitas mas se livra imediatamente com jejum, oração, confissão, e leitura da palavra de Deus. Isso com certeza melhorará o bom desempenho espiritual, e nos garantirá vida, e eterna.
Devemos obedecer o conselho de Jesus quando disse: Portanto, sede prudentes como as serpentes.
Lembre-se ao nosso derredor estar cheio de predadores (lobos) de ovelhas, mas a prudência é o segredo da sobrevivência. Quão melhor é adquirir a sabedoria do que o ouro! e quão mais excelente é adquirir a prudência do que a prata! Prov.16.16.