"*RÁDIO SOTELO*"

domingo, 30 de dezembro de 2012



Batismo, batizado
Meios de Salvação
O QUE A BÍBLIA fala sobre meios de salvação? O eunuco, evangelizado por
Filipe, usou quais meios de salvação? Ele creu que Jesus é o Filho de Deus e
em seguida foi batizado. O ladrão na cruz creu em Jesus Cristo e foi salvo. A
Palavra diz que fazem jus à vida eterna todo aquele que crê (Jo 3.16). Jesus
disse que quem nele crê não é condenado (Jo 3.18). O único meio de salvação
é Aquele que é o caminho (Jo 14.6). Participar de determinada denominação
ou religião não salva. Participar de eventos religiosos não leva à salvação. Não
são meios eficazes. O casamento não é meio eficaz para que sejamos salvos.
O simples fato de confessarmos nossos pecados não nos leva ao céu. Muitos
confessam, mas continuam em pecado (Pv 28.13; 1 Jo 5.18). Participar da ceia
do Senhor não produz salvação.
Necessário um novo nascimento, uma mudança, uma regeneração que
ocorrem pelo arrependimento e pela fé no Senhor Jesus (Ef 2.8-9). Se não
houver mudança real, mudança interior, não haverá salvação. É preciso que
sejamos novas criaturas em Cristo Jesus (2 Co 5.17). O novo nascimento
nasce no coração. "Se com a tua boca confessares... e em seu coração
creres..." (Rm 10.9). Quando perguntaram a Pedro qual seria o primeiro passo
ele prontamente respondeu: "Arrependei-vos" (At 2.38). Arrependimento é algo
muito particular, individual e interior.
Por isso, o batismo não é meio eficaz. Se fosse, batizaríamos todos - ainda que
forçadamente como fizeram em tempos passados - e todos seriam salvos.
Batismo sem fé é morto, inválido, inútil. Da mesma forma, participar da ceia do
Senhor sem ser realmente filho de Deus pela fé no Senhor Jesus (Jo 1.12) não
significa coisa alguma. Não é meio eficaz de salvação.
Quem deseja salvar-se precisa ir a Jesus, com humildade e arrependimento,
reconhecendo que é um pecador e carece da misericórdia divina (Rm
3.23). Jesus é o caminho eficaz.
Pr. Airton Evangelista da Costa
http://livrosgratisempdf.blogspot.com/
VESTES DA SALVAÇÃO X NUDEZ ESPIRITUAL
A nudez espiritual é causada pelo pecado e nos coloca em posição de queda perante
Deus, como Adão e Eva. Salvar a criatura da queda é o objetivo de Jesus Cristo, porque
todos pecaram e destituídos ficaram da glória de Deus (Romanos 3:23).
Por isso, é importante conhecer a natureza do pecado e suas conseqüências, para que
possamos entender toda a amplitude de bênçãos, promessas e responsabilidades que o
batismo oferece àquele que toma a decisão de aceitar a Jesus Cristo como seu Salvador
pessoal.
AP 3:6-7
O PECADO CAUSOU A NUDEZ ESPIRITUAL E LEVOU À QUEDA O CASAL
PRIMITIVO
Então, vendo a mulher que aquela árvore era boa para se comer, e agradável aos olhos, e
árvore desejável para dar entendimento, tomou do seu fruto, comeu, e deu a seu marido,
e ele também comeu.
7 Então foram abertos os olhos de ambos, e conheceram que estavam nus; pelo que
coseram folhas de figueira, e fizeram para si aventais.
II Coríntios 5
Desejo do Cristão é ser cheio do Espírito Santo
Pois neste tabernáculo nós gememos, desejando muito ser revestidos da nossa habitação
que é do céu,
3 se é que, estando vestidos, não formos achados nus. (em pecado novamente)
4 Porque, na verdade, nós, os que estamos neste tabernáculo, gememos oprimidos,
porque não queremos ser despidos, mas sim revestidos, para que o mortal seja absorvido
pela vida.
5 Ora, quem para isto mesmo nos preparou foi Deus, o qual nos deu como penhor o
Espírito.
Ap 16:15
Vigiar para não perder as vestes do Espírito Santo e voltar à nudez espiritual
(Eis que venho como ladrão. Bem-aventurado aquele que vigia, e guarda as suas vestes,
para que não ande nu, e não se veja a sua nudez.)
Ap 22-14
A Bem aventurança dos lavados no Sangue de Jesus
Bem-aventurados aqueles que lavam as suas vestes no sangue do Cordeiro para que
tenham direito à arvore da vida, e possam entrar na cidade pelas portas.
AP 3:17-18
A Ilusão das riquezas leva crentes a se acharem melhor que os outros e a ignorar
sua condição de pobreza e nudez espiritual. Isso as torna igrejas carnais, sem a
direção do Espírito Santo
17 Porquanto dizes: Rico sou, e estou enriquecido, e de nada tenho falta; e não sabes
que és um coitado, e miserável, e pobre, e cego, e nu;
18 aconselho-te que de mim compres ouro refinado no fogo, para que te enriqueças; e
vestes brancas, para que te vistas, e não seja manifesta a vergonha da tua nudez; e
http://livrosgratisempdf.blogspot.com/
colírio, a fim de ungires os teus olhos, para que vejas.
Ap 3:5
Vencer na fé é o objetivo do cristão até a morte
O que vencer será assim vestido de vestes brancas, e de maneira nenhuma riscarei o seu
nome do livro da vida; antes confessarei o seu nome diante de meu Pai e diante dos seus
anjos.
Tiago 5-2
Fracassar na prática da Palavra é empobrecer e ficar espiritualmente em trapos
As vossas riquezas estão apodrecidas, e as vossas vestes estão roídas pela traça.
http://livrosgratisempdf.blogspot.com/
1
Passagens bíblicas sobre o Batismo
O Batismo de João Batista
Doutrinas
"Naqueles dias apareceu João Batista pregando no deserto da Judéia, e
dizendo: Arrependei-vos, pois está próximo o reino dos céus. Este é aquele de
quem o profeta Isaías falou, ao dizer: Voz do que clama no deserto, preparai o
caminho do Senhor, endireitai as suas veredas. As vestes de João eram feitas de
pêlos de camelo, e ele trazia um cinto de couro na cintura. Seu alimento era
gafanhotos e mel silvestre. Então iam ter com ele Jerusalém, toda a Judéia e toda
a região circunvizinha ao Jordão. Confessando os seus pecados, eram
batizados por ele no rio Jordão. Mas, vendo ele muitos dos fariseus e dos
saduceus, que vinham ao batismo, disse-lhes: Raça de víboras! Quem vos
ensinou a fugir da ira futura? Produzi frutos dignos de arrependimento. E não
penseis que basta dizer: Temos por pai a Abraão. Eu vos digo que destas
pedras Deus pode suscitar filhos a Abraão. O machado já está posto à raiz das
árvores, e toda árvore que não produz bom fruto, será cortada e lançada ao
fogo. Eu vos batizo com água, para arrependimento. Mas após mim vem aquele
que é mais poderoso do que eu, cujas sandálias não sou digno de levar. Ele vos
batizará com o Espírito Santo e com fogo. Na mão ele tem a pá, e limpará a sua
eira, recolhendo o trigo no seu celeiro e queimando a palha com fogo que nunca
se apagará. Então veio Jesus da Galiléia ter com João junto do Jordão, para ser
batizado por ele. Mas João tentava dissuadi-lo, dizendo: Eu preciso ser batizado
por ti, e vens tu a mim? Mas Jesus lhe respondeu: Deixa por agora, pois assim
nos convém cumprir toda a justiça. Então João consentiu. Assim que Jesus foi
batizado, saiu logo da água. Nesse instante abriram-se-lhe os céus, e viu o
Espírito de Deus descendo como pomba e pousando sobre ele. E uma voz dos
céus disse: Este é o meu Filho amado, em quem me comprazo." (Mateus 3:1-17).
João Batista anuncia a vinda do Messias e fala
sobre o batismo no Espírito Santo
"Princípio do evangelho de Jesus Cristo, Filho de Deus. Como está escrito no
profeta Isaías: Eu envio o meu anjo diante da tua face, o qual preparará o teu
caminho. Voz do que clama no deserto: Preparai o caminho do Senhor, endireitai as
suas veredas. Apareceu João batizando no deserto, e pregando o batismo de
arrependimento, para remissão dos pecados. Toda a província da Judéia e os de
Jerusalém iam ter com ele e, confessando os seus pecados, eram batizados por ele
no rio Jordão. João andava vestido de pêlos de camelo, trazia um cinto de couro e
comia gafanhotos e mel silvestre. E pregava, dizendo: Após mim vem aquele que é
mais forte do que eu, do qual não sou digno de, abaixando-me, desatar a correia
das suas sandálias. Eu, em verdade, vos batizei com água, mas ele vos batizará
com o Espírito Santo. Naqueles dias veio Jesus de Nazaré, na Galiléia, e foi
batizado por João no Jordão. Logo que saiu da água viu os céus abertos, e o
Espírito que, como pomba, descia sobre ele. Então ouviu-se esta voz dos céus:
Tu és o meu Filho amado em quem me comprazo." (Marcos 1:1-11).
http://livrosgratisempdf.blogspot.com/
2
"Chegando-se Jesus, falou-lhes, dizendo: É-me dado todo o poder no céu e
na terra. Portanto, ide e fazei discípulos de todos os povos, batizando-os em
nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo, ensinando-os a guardar todas as
coisas que eu vos tenho mandado. E certamente estou convosco todos os dias,
até à consumação dos séculos." (Mateus 28:18-20).
"Mais tarde Jesus apareceu aos onze, estando eles à mesa, e lançou-lhes em
rosto a incredulidade e dureza de coração, porque não acreditaram nos que o tinham
visto já ressuscitado. E disse-lhes: Ide por todo o mundo, e pregai o evangelho a
toda a criatura. Quem crer e for batizado será salvo, mas quem não crer será
condenado." (Marcos 16:14-16).
"Disse-lhes Pedro: Arrependei-vos, e cada um de vós seja batizado em
nome de Jesus Cristo, para perdão dos pecados. E recebereis o dom do Espírito
Santo. A promessa diz respeito a vós, a vossos filhos, e a todos os que estão
longe - a tantos quantos Deus nosso Senhor chamar. Com muitas outras palavras
dava testemunho, e os exortava, dizendo: Salvai-vos desta geração
perversa. Os que de bom grado receberam a sua palavra foram batizados, e
naquele dia agregaram-se quase três mil almas. E perseveravam na doutrina dos
apóstolos, na comunhão, e no partir do pão e nas orações." (Atos 2:38-42).
PREGAÇÃO E BATISMO PRATICADOS PELO
APÓSTOLO PEDRO
Atos 10:34-48
Pedro explica o Evangelho
E, abrindo Pedro a boca, disse: Reconheço por verdade que Deus não faz acepção de
pessoas;
Mas que lhe é agradável aquele que, em qualquer nação, o teme e faz o que é justo.
A palavra que ele enviou aos filhos de Israel, anunciando a paz por Jesus Cristo (este
é o Senhor de todos);
Esta palavra, vós bem sabeis, veio por toda a Judéia, começando pela Galiléia, depois
do batismo que João pregou;
Como Deus ungiu a Jesus de Nazaré com o Espírito Santo e com virtude; o qual
andou fazendo bem, e curando a todos os oprimidos do diabo, porque Deus era com
ele.
E nós somos testemunhas de todas as coisas que fez, tanto na terra da Judéia como
em Jerusalém; ao qual mataram, pendurando-o num madeiro.
A este ressuscitou Deus ao terceiro dia, e fez que se manifestasse,
Não a todo o povo, mas às testemunhas que Deus antes ordenara; a nós, que
comemos e bebemos juntamente com ele, depois que ressuscitou dentre os mortos.
E nos mandou pregar ao povo, e testificar que ele é o que por Deus foi constituído juiz
dos vivos e dos mortos.
A este dão testemunho todos os profetas, de que todos os que nele crêem receberão
o perdão dos pecados pelo seu nome.
E, dizendo Pedro ainda estas palavras, caiu o Espírito Santo sobre todos os que
ouviam a palavra.
E os fiéis que eram da circuncisão, todos quantos tinham vindo com Pedro,
maravilharam-se de que o dom do Espírito Santo se derramasse também sobre os
http://livrosgratisempdf.blogspot.com/
3
gentios.
Porque os ouviam falar línguas, e magnificar a Deus.
Respondeu, então, Pedro: Pode alguém porventura recusar a água, para que não
sejam batizados estes, que também receberam como nós o Espírito Santo?
E mandou que fossem batizados em nome do Senhor. Então rogaram-lhe que ficasse
com eles por alguns dias.
DOUTRINAS(ensinamentos) SOBRE O BATISMO
"Ou não sabeis que todos quantos fomos batizados em Cristo Jesus
fomos batizados na sua morte? De sorte que fomos sepultados com ele pelo
batismo na morte, para que, como Cristo ressurgiu dentre os mortos, pela glória
do Pai, assim andemos em novidade de vida." (Romanos 6:3-4).
"...pois todos vós que fostes batizados em Cristo, vos revestistes de
Cristo." (Gálatas 3:27).
"...tendo sido sepultados com ele no batismo, nele também ressurgistes
pela fé no poder de Deus, que o ressuscitou dentre os mortos." (Colossenses
2:12).
A CONVERSÃO DO MORDOMO DA RAINHA DE
CANDACE
Atos 8:26-39
Ouvir o Evangelho, tomar a decisão, descer às águas e assumir o
compromisso
E o anjo do Senhor falou a Filipe, dizendo: Levanta-te, e vai para o lado do sul,
ao caminho que desce de Jerusalém para Gaza, que está deserta.
E levantou-se, e foi; e eis que um homem etíope, eunuco, mordomo-mor de Candace,
rainha dos etíopes, o qual era superintendente de todos os seus tesouros, e tinha ido
a Jerusalém para adoração,
Regressava e, assentado no seu carro, lia o profeta Isaías.
E disse o Espírito a Filipe: Chega-te, e ajunta-te a esse carro.
E, correndo Filipe, ouviu que lia o profeta Isaías, e disse: Entendes tu o que lês?
E ele disse: Como poderei entender, se alguém não me ensinar? E rogou a Filipe que
subisse e com ele se assentasse.
E o lugar da Escritura que lia era este: Foi levado como a ovelha para o matadouro; e,
como está mudo o cordeiro diante do que o tosquia, Assim não abriu a sua boca.
Na sua humilhação foi tirado o seu julgamento; E quem contará a sua geração?
Porque a sua vida é tirada da terra.
E, respondendo o eunuco a Filipe, disse: Rogo-te, de quem diz isto o profeta? De si
mesmo, ou de algum outro?
Então Filipe, abrindo a sua boca, e começando nesta Escritura, lhe anunciou a Jesus.
E, indo eles caminhando, chegaram ao pé de alguma água, e disse o eunuco: Eis aqui
água; que impede que eu seja batizado?
E disse Filipe: É lícito, se crês de todo o coração. E, respondendo ele, disse: Creio
que Jesus Cristo é o Filho de Deus.
E mandou parar o carro, e desceram ambos à água, tanto Filipe como o eunuco, e o
http://livrosgratisempdf.blogspot.com/
4
batizou.
E, quando saíram da água, o Espírito do Senhor arrebatou a Filipe, e não o viu mais o
eunuco; e, jubiloso, continuou o seu caminho.
Atos 8:26-39
O QUE É NECESSÁRIO QUE EU FAÇA PARA ME
SALVAR?
Atos 16:25-34
Conversão do carcereiro e sua família
Rapidez de entendimento, decisão e prontidão
E, perto da meia-noite, Paulo e Silas oravam e cantavam hinos a Deus, e os outros
presos os escutavam.
E de repente sobreveio um tão grande terremoto, que os alicerces do cárcere se
moveram, e logo se abriram todas as portas, e foram soltas as prisões de todos.
E, acordando o carcereiro, e vendo abertas as portas da prisão, tirou a espada, e quis
matar-se, cuidando que os presos já tinham fugido.
Mas Paulo clamou com grande voz, dizendo: Não te faças nenhum mal, que todos
aqui estamos.
E, pedindo luz, saltou dentro e, todo trêmulo, se prostrou ante Paulo e Silas.
E, tirando-os para fora, disse: Senhores, que é necessário que eu faça para me
salvar?
E eles disseram: Crê no Senhor Jesus Cristo e serás salvo, tu e a tua casa.
E lhe pregavam a palavra do Senhor, e a todos os que estavam em sua casa.
E, tomando-os ele consigo naquela mesma hora da noite, lavou-lhes os vergões;
e logo foi batizado, ele e todos os seus.
E, levando-os à sua casa, lhes pôs a mesa; e, na sua crença em Deus, alegrou-se
com toda a sua casa.
COMPROMISSO AO FINAL DO BATISMO
"Irmãos, vocês já fizeram profissão pública de sua fé em Cristo, foram
batizados no nome de nosso Senhor Jesus Cristo, e foram recomendados pelo corpo
oficial da igreja para serem admitidos como membros. Vocês prometem agora viver
uma vida santa como fiéis seguidores de Cristo, praticando os ensinamentos do
Evangelho e contribuindo para a paz, a prosperidade e a unidade da igreja do Senhor
Jesus?"
7 Passos para a Salvação
http://biblioteca-evangelica.blogspot.com/2008/11/7-passos-para-salvao.html
SETE PASSOS PARA A SALVAÇÃO
1 Reconhecimento
"Pois todos pecaram e destituídos ficaram da glória de Deus”
"Ó Deus, sê propício a mim, pecador!"
Romanos 3.23; Lucas 18.13
2 Arrependimento
"Se, porém não vos arrependerdes, todos igualmente perecereis."
"Arrependei-vos, pois, e convertei-vos para serem cancelados os vossos
pecados."
Lucas 13.3; Atos 3.19
3 Confissão
"Se confessarmos os nossos pecados, Ele é fiel e justo para nos perdoar os
pecados e nos purificar de toda injustiça."
"Se, com a tua boca, confessares Jesus como Senhor e, em teu coração creres
que Deus o ressuscitou dentre os mortos, serás salvo."
I João 1.9; Romanos 10.9
4 Renúncia
"Deixe o perverso o seu caminho, o iníquo, os seus pensamentos...e volte-se para
o nosso Deus, porque GRANDIOSO É em perdoar."
Isaías 55.7
5 Crença (FÉ)
"Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para
que todo o que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna."
Quem crer e for batizado será salvo; quem, porém, não crer será condenado."
João 3.16; Marcos 16.16
6 Recebimento
"Veio para o que era seu, e os seus não o receberam. Mas, a todos quantos o
receberam, deu-lhes o poder
de serem feitos filhos de Deus, a saber, aos que crêem
no seu nome."
João 1.11,12
7 Firmeza
"Por esta razão, importa que nos apeguemos, com mais firmeza,às verdades
ouvidas, para que delas jamais nos desviemos."
Hebreus 2.1
CONCLUSÃO
1 Reconhecimento
2 Arrependimento
3 Confissão
4 Renúncia
5 Crença
6 Recebimento
7 Firmeza
NOTA: Não se esqueça do 8º passo que tudo confirma: o batismo em nome do
Senhor Jesus Cristo. O Apóstolo Pedro explica sua necessidade: para “remissão
dos pecados e recebereis o Dom do Espírito Santo”. Atos 2:38
Conheça os sites da Cultura Evangélica
Jesus: Deus-Criador, Senhor e Salvador é revelado a todos os
homens
Publicado originalmente em http://mensagembiblicadiaria.blogspot.com.br/2012/07/jesus-deus-criador-senhor-esalvador-
e.html
Deus, no Antigo Testamento, ordenou a Malaquias que profetizasse sobre sua
fama mundial no futuro, quando seu nome seria conhecido de todos os
povos(Malaquias 1:11).
Deus também avisou, através do profeta Zacarias, que limparia o mundo do
nome dos ídolos, para que Ele, o Verdadeiro Deus, fosse de conhecido de
todos como o único e verdadeiro Deus, Senhor, Criador e Salvador de todos
nós.
Mais tarde, depois da ressurreição de Jesus, os apóstolos contam-nos,
finalmente, o que aprenderam no convívio com Jesus, apresentando o Mestre
como o Verdadeiro Deus: ...sabemos que já o Filho de Deus é vindo, e nos deu
entendimento para conhecermos o que é verdadeiro; e no que é verdadeiro
estamos, isto é, em seu Filho Jesus Cristo. Este é o verdadeiro Deus e a vida
eterna. - 1 João 5:20.
Finalmente, em Apocalipse, Jesus Cristo se apresenta ao apóstolo João como
aquele que era, que é e que há de vir, o Todo-Poderoso, título pertencente
unicamente a Deus:
Eu sou o Alfa e o Omega, o princípio e o fim, diz o Senhor, que é, e que era, e
que há de vir, o Todo-Poderoso. Apocalipse 1:8
Em nossos dias o nome de Jesus Cristo -esse é o nome de Deus-, é conhecido
entre todos os povos, ainda que não crido ou reconhecido como Deus, Criador
e Salvador. Muitos o recebem como Salvador, mas ainda não O aceitam como
Deus ou mesmo Criador de todas as coisas, nem como Salvador pessoal de
suas vidas. Há também os que apresentam outros meios de salvação, fraudes
diabólicas para enganar os homens e impedi-los de se achegarem ao único
Deus Salvador. Porém, no processo de revelação da Palavra de Deus, o tempo
do fim será também o tempo em que, mesmo em meio às tribulações dos
últimos dias, a Palavra de Deus se revelará completamente ao mundo,
mostrando Jesus Cristo como o único Deus-Criador-Salvador. Todas essas
verdades serão compreendidas, e num futuro não muito distante.
A Bíblia Sagrada apenas iniciou seu processo de revelação e, à medida que
seus pequeninos crescem na Graça e no conhecimento do Evangelho, a porta
do entendimento vai se abrindo mais e mais.
E é assim que compreendemos Jesus, pela revelação do Espírito Santo, que
nos permite entender que a Bíblia Sagrada mostra o único e verdadeiro Deus
Conheça os sites da Cultura Evangélica
falando, primeiramente a Moisés, anunciando a vinda do Messias. Depois, o
Messias se apresentando aos homens e lhes pergunta: Quem vós pensais que
Eu Sou? Mas, após sua ressurreição, foi Tomé quem deu a palavra final no
processo de revelação, testemunhando aos demais apóstolos, em alto e bom
tom: Senhor meu, DEUS MEU! (João 20:28). Enfim, justamente o mais
duvidoso dos apóstolos, foi também o que mais longe chegou no entendimento
de quem era, realmente, o Senhor Jesus Cristo. Tomé havia compreendido
toda a verdade sobre a natureza de Jesus, como João relata no capítulo 1 de
seu Evangelho, ao apresentar o Mestre como o verdadeiro e único Deus e
Senhor, Criador do universo e Salvador de todos os que crêem e praticam seus
ensinamentos:
No princípio era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus.
Todas as coisas foram feitas por ele, e sem ele nada do que foi feito se fez.
Estava no mundo, e o mundo foi feito por Ele, e o mundo não o conheceu.
Mas, a todos quantos o receberam, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de
Deus, aos que crêem no seu nome;
E o Verbo se fez carne, e habitou entre nós, e vimos a sua glória, como a glória
do unigênito do Pai, cheio de graça e de verdade.
No dia seguinte João viu a Jesus, que vinha para ele, e disse: Eis o Cordeiro
de Deus, que tira o pecado do mundo. – João 1:1-29
Tome posse agora mesmo da Verdade bíblica apostólica, que apresenta Jesus
Cristo como Deus, como Criador e como Salvador. Arrependa-se ter vivido
longe do Pai, de ter rejeitado conhecê-lo, ou ter nutrido ódio e rejeição à
Verdade, de ter servido a falsos deuses, falsas religiões e filosofias de homens.
Arrependa-se destes e de todos os outros pecados. Renuncie agora mesmo
aos ídolos e receba Jesus Cristo como seu Deus-Criador, como seu Senhor e
seu Salvador e receba o tempo de graça e misericórdia em sua vida. Seja
sobre ti a bênção do Senhor Jesus Cristo, para crescer e frutificar numa nova
vida: Vá e não peques mais. E o Espírito Santo de Deus te guie em toda
Justiça e Verdade. Seja pequenino o suficiente para receber esta bênção. Os
grandes, cultos e estudiosos, não conseguirão entrar pela porta estreita dos
ensinamentos de Deus. Os ensinamentos e fundamentos bíblicos são
destinados apenas aos escolhidos, que se humilharam, que se tornaram
criancinhas em Cristo, filhos de Deus renascidos pela Palavra da Verdade,
para herdarem as bênçãos do Pai.
Essa mensagem tem sido impedida em toda a terra, porque não interessa aos
principados e potestades do mal que ela ilumine o mundo. Entretanto, a
Palavra de Deus jamais será algo infértil, e não retornará a Deus sem lhe
apresentar frutos. Por isso, guarde a Palavra de Deus, só ela é poderosa para
libertá-lo das mentiras do diabo e de todo o poder das trevas. E ainda lhe dará
uma vida novinha em folha, para você viver a cada dia na presença do
Conheça os sites da Cultura Evangélica
Maravilhoso Deus que Jesus Cristo é. Quem tem ouvidos para ouvir ouça a
Palavra de Deus. - Pr. Wagner Cipriano
Nossos Sites
Confira abaixo os sites do Cultura Evangélica - Publicações em Mídias
http://e-bibliasevangelicas.blogspot.com/
http://biblioteca-evangelica.blogspot.com/
http://noticiario-evangelico.blogspot.com/
http://mensagembiblicadiaria.blogspot.com/
http://culturaevangelica.blogspot.com/
http://wagnercipriano.blogspot.com/
http://buscadorevangelico.blogspot.com/
http://portalshekinah.blogspot.com/
http://expressaoevangelica.blogspot.com/
http://nomes-biblicos.blogspot.com/
http://hinariocristao.blogspot.com/
http://dicionariobiblicoonline.blogspot.com/
http://naturezaemcaos.blogspot.com/
http://consumacaodostempos.blogspot.com/
http://livrosgratisempdf.blogspot.com/
http://filmesevangelicosdownloads.blogspot.com/
BATISMO, definição e notas sobre o
Cerimônia em que se usa água e por meio da qual uma pessoa se torna
membro de uma igreja cristã. O batismo é sinal de arrependimento e perdão (At
2.38) e união com Cristo (Gl 3.26-27), tanto em sua morte como em sua
ressurreição (Rm 6.3-5).
- Jesus não foi batizado quando criança, mas com 30 anos
- Batismo deve ter o propósito de ser uma nova criatura, caso contrário será
raça de víboras, querendo escapar da ira vindoura, como disse João Batista
- Conclui-se que batismo infantil só é válido quando há completa noção e
compreensão bíblica, caso contrário, deve-se esperar mais maturidade. Batizar
para garantir segurança, batizar para fazer a vontade de outros, batizar por
medo da condenação ainda não é o sentimento puro do arrependimento e de
viver uma nova vida em Cristo;
- a fé é mencionada antes do batismo em Marcos 16:15,16. Essa ordem é
importante. Mas isso não prova que a ordem é uma ordem temporal, isto é, a fé
primeiro, então o batismo. A passagem não diz: 'Aquele que crer e então for
batizado será salvo'.
A FAVOR DO BATISMO INFANTIL (quando há evidente presença de fé)
- ninguém é salvo porque ele primeiro creu no Evangelho. Ele é salvo através
do crer, mas não após o crer. Isso faria a fé ser uma obra e seria uma negação
da salvação pela graça somente. Quando cremos em Cristo é porque Deus já
começou sua obra de salvação em nós.
- Isso é ainda mais claro quando entendemos que a água do batismo é
somente o sinal do batismo. O batismo real é o lavar dos pecados pelo sangue
de Jesus Cristo (Romanos 6:3, Colossenses 2:12, Tito 3:5). O batismo real não
é algo que depende do nosso crer, e nem da nossa resposta, mas ele é “sem o
nosso conhecimento”. De fato, ele já foi realizado principalmente na cruz, muito
antes de nascermos (Romanos 5:8). Quão apropriado é que o sinal deva se
igualar com a realidade nesse ponto.
PASSAGENS BÍBLICAS SOBRE BATISMO
Marcos 10:13-16
(13) Alguns traziam crianças a Jesus para que ele tocasse nelas, mas os
discípulos os repreendiam. (14) Quando Jesus viu isso, ficou indignado e lhes
disse: "Deixem vir a mim as crianças, não as impeçam; pois o Reino de Deus
pertence aos que são semelhantes a elas. (15) Digo-lhes a verdade: Quem não
receber o Reino de Deus como uma criança, nunca entrará nele". (16) Em
seguida, tomou as crianças nos braços, impôs-lhes as mãos e as abençoou.
Romanos 6:3
Ou vocês não sabem que todos nós, que fomos batizados em Cristo Jesus,
fomos batizados em sua morte?
Colossenses 2:12
(2:12) Isso aconteceu quando vocês foram sepultados com ele no batismo, e
com ele foram ressuscitados mediante a fé no poder de Deus que o ressuscitou
dentre os mortos.
Tito 3:5 (Tito 3:5) -
(3:5) não por causa de atos de justiça por nós praticados, mas devido à sua
misericórdia, ele nos salvou pelo lavar regenerador e renovador do Espírito
Santo,
Romanos 5:8 (Romanos 5:8) -
(5:8) Mas Deus demonstra seu amor por nós: Cristo morreu em nosso favor
quando ainda éramos pecadores.
O PASTOR DEVE VERIFICAR SE O BATISMO:
-O batismo como o sinal da salvação deve refletir o caráter dessa salvação,
especialmente seu caráter livre e gracioso.
Entendendo a doutrina de Atos 2,38
HÁ UM SÓ BATISMO
No dia de Pentecostes, Israel comemorava a festa da colheita das primícias da
lavoura, os fruto da terra. Nesse dia, no Livro de Atos 2, encontramos Pedro
pregando e, em seguida, batizando os primeiros convertidos da primeira
colheita que marcou o início da igreja, e que se deu exatamente no Dia de
Pentecostes. Era a colheita das primícias colhidas da lavoura de Deus, os
frutos que saltam para a vida eterna.
Ali, Pedro, cheio do Espírito Santo, disse: Arrependei-vos, e cada um de vós
seja batizado em nome de Jesus Cristo, para perdão dos pecados; e
recebereis o dom do Espírito Santo. Vamos meditar sobre isso?
O apóstolo Pedro ensina duas promessas contidas no batismo que realizou na
direção do Espírito Santo, no Dia de Pentecostes:
1.- A Remissão de Pecados
2.- O Recebimento do do Dom do Espírito Santo
Considere isso:
- Estudando o Livro de Atos encontramos sete batismos, todos realizados de
forma idêntica: em nome do Senhor Jesus Cristo. Não houve um batismo
sequer que não tenha seguido o modelo de Pedro, revelado à Igreja no dia de
Pentecostes.
- Se admitirmos que outros batismos são iguais e produzem o mesmo efeito,
teremos que aceitar batismo de “crianças”, batismo pelos “mortos”, batismo
pela “trindade”, etc. Deus estabeleceu apenas um meio pelo qual recebemos
dEle o “perdão de pecados” e o “dom do Espírito Santo”. Vamos meditar nisso?
O Batismo de Pedro foi o único modelo seguido pela Igreja Primitiva dos
apóstolos. E Pedro estava “cheio do Espírito Santo” quando efetuou esse
batismo. Sabemos que o Espírito Santo não erra. E, portanto, Pedro também
não errou. E o Espírito Santo não contradisse a ordem de Cristo, mas a
completou, especificando qual é o nome do Pai, o nome do Filho e o nome do
Espírito Santo: Jesus Cristo. Conclui-se, assim, que não houve erro, mas que:
o Espírito Santo abriu o entendimento de Pedro e da Igreja Primitiva sobre o
"nome" do Pai (Jesus), o nome do Filho (Jesus) e nome do Espírito Santo
(Jesus). Com isso, ficou claro a todos eles que a trindade não existe, mas
unicamente as três formas com que Deus com se manifestou aos homens, mas
é um só Deus, que estava no trono, deixou o trono e se fez carne, habitou entre
nós e fez a promessa de, após subir aos céus, retornar em Espírito e
permanecer em companhia da Igreja até a consumação dos séculos. Deus,
portanto, no Antigo Testamento, se manifestou como Jeová a Israel, e no Novo
Testamento, se manifestou como Filho à igreja apostólica e depois de sua
ascensão, se faz presente “em Espírito” no meio de nós até nossos dias e
assim o será até a consumação dos séculos. Deus se transformou para nos
transformar.
Outros batismos, que não declaram o "nome" têm validade? Qual é o
nome do Pai? Qual o nome do Filho? Qual o nome do Espírito Santo?
O batismo praticado por Pedro, dado por Deus à Igreja Primitiva, hoje em
desuso e desprezado é, na verdade, a ordenança de Cristo que complementa o
“crer”. Sua prática nos dá o dom (presente) do Espírito Santo: "estarei
convosco todos os dias da vossa vida, até a consumação dos séculos”. Esse
batismo é o segundo passo da fé. O primeiro passo é o “crer”. Depois que a
multidão creu em Cristo pela mensagem de Pedro, recebeu dele a instrução
para serem batizados “em nome de Jesus Cristo, para perdão dos pecados; e
recebereis o dom do Espírito Santo”. Segundo Pedro, cheio do Espírito Santo,
ao confessar Jesus Cristo no batismo todos os pecados seriam perdoados e
receberiam o dom do Espírito. Fica claro, então, a relação entre o crer
corretamente e o batizar corretamente. Seguir o caminho que Deus aponta é
tomar possa de suas promessas.
E os outros batismos? Gozam destes dois privilégios?
As Escrituras nos dizem que Deus permitiu a operação do erro, para enganar
todos os que não concordam com a Verdade.
Assim, os "enganados" pelos sistemas religiosos, nunca vão acertar no batismo
correto. Continuam carregados de pecados e sem a presença do Espírito
Santo.
Mas, pelo engano do "outro", o "adversário", que imita o Espírito Santo, muitos
são levados a pensar que estão na mesma condição da Igreja Primitiva,
mesmo rejeitando essa que é uma das primeira das doutrinas bíblicas. E,
assim, o inimigo da Cruz implanta o costume de se negar a Palavra Deus
desde o batismo, levando o cristão a um constante e desastroso afastamento
das doutrinas que constituem o fundamento do Evangelho.
O batismo em si salva?
Muitos afirmam que o batismo não salva. Sim, somente o batismo em si não é
suficiente para salvação. Devem estar presentes os demais requisitos, que são
o arrependimento prévio e sincero e o propósito de mudar de vida e se tornar
um novo homem, uma nova pessoa, uma nova criação de Deus. Mas quando o
Espírito Santo revelou à Igreja apostólica o batismo ordenado por Jesus Cristo,
praticado por Pedro em Atos 2:38 e pelos demais apóstolos em todo o Livro de
Atos, quis, com isso, que ele fosse colocado em prática por todos quantos
querem herdar a salvação e a vida eterna. Logicamente muitos chegam a
Cristo sem tempo e condizar de batizar, como Dimas na cruz. O batismo é,
assim, a porta por onde o cristão entra para começar sua jornada. Consciente
do que está fazendo, o cristão coloca em prática sua fé manifestando o desejo
do batismo, onde testifica sua obediência ao chamado do Evangelho.
Jesus também afirmou que aqueles que não entram pela Porta Estreita serão
considerados ladrões e salteadores. Portanto, seguir simplesmente o ensino do
Evangelho é entrar pela porta estreita e garantia de receber de Deus a certidão
de nascimento que comprova ser nascido de novo. O batismo é o ato cristão
que testifica o crer na Obra de Cristo na Cruz do Calvário. É a exteriorização da
fé. Tentar outras fórmulas e ensiná-las como se fossem autenticadas e
reconhecidas por Deus é se tornar um falso profeta, um falso mestre, que
aponta outros caminhos que nada mais são do que a manifestação da
operação do erro, permitida por Deus para enganar todos quantos não
concordam com os ensinamentos bíblicos. Por isso, ser fiel à Palavra é praticar
o que Ela ensina. Não invente, não diminua, não acrescente: o prejuízo será
seu e de todos quantos lhe seguirem. Arrependa-se, e volta a essa porta
estreita e comece certo na fé.
O batismo que os apóstolos praticaram
Um dia muitos saberão, tardiamente, que batismo praticado em Atos 2:38 é
parte integrante da "Porta Estreita", e são poucos os que se acertam com ele.
A maioria começa a trilhar o caminho da fé negando essa doutrina que é parte
dos fundamentos do Evangelho e marca o início de nosso testemunho de
cristão.
E, embora o batismo não salve, por ser um ato formal, há que se lembrar que é
também um ato espiritual ordenado por Cristo, revelado pelo Espírito Santo e
praticado pelos apóstolos. Através do batismo se manifesta aos homens que
Jesus Cristo é Deus, não somente o Filho, parte da trindade. Negar isso e
praticar outro tipo de batismo, como em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo,
é contradizer a Bíblia e negar que Cristo estava no trono, era e é Deus e se fez
carne entre nós. Quando o batismo bíblico é rejeitado, a rebeldia começa a
nortear os novos cristãos a participar do erro contra a segunda doutrina de
Cristo: o batismo. E o inimigo da Cruz aplaude cada erro, ainda mais quando
nos apegamos a ele e o defendemos com toda a força da carnalidade e da
letra, contrários à direção e ao entendimento do Espírito.
Devemos também considerar as palavras de Jesus: Aquele que me negar
diante dos homens Eu o negarei diante do Pai e dos seus anjos. Diante dessas
palavras podemos concluir que aqueles que começam a negar a Jesus Cristo
já no batismo correm o risco de não serem reconhecidos diante de Deus e dos
anjos. Pegar um desvio logo no começo da carreira é desviar-se do alvo final.
Não vale a pena rejeitar o batismo em nome do Senhor Jesus Cristo. Não
comece a torcer o ensino das Escrituras e negar o nome de Jesus Cristo
desde o batismo. Siga e pratique o que o Evangelho nos ensina, e nada lhe
diminua ou acrescente, é a última advertência do Livro de Apocalipse:
Porque eu testifico a todo aquele que ouvir as palavras da profecia deste livro
que, se alguém lhes acrescentar alguma coisa, Deus fará vir sobre ele as
pragas que estão escritas neste livro;
E, se alguém tirar quaisquer palavras do livro desta profecia, Deus tirará a sua
parte do livro da vida, e da cidade santa, e das coisas que estão escritas neste
livro.
Aquele que testifica estas coisas diz: Certamente cedo venho. Amém. Ora vem,
Senhor Jesus.
A graça de nosso Senhor Jesus Cristo seja com todos vós. Amém. -
Apocalipse 22:18-21
Finalmente, devemos lembrar que Jesus está sempre disposto a perdoar e
aperfeiçoar, pelo aprendizado e amadurecimento da Palavra e pelo batismo no
Espírito Santo(o selo final e definitivo do cristão) todos os erros praticados no
tempo da nossa ignorância:
Mas Deus, não tendo em conta os tempos da ignorância, anuncia agora
a todos os homens, e em todo o lugar, que se arrependam;Atos 17:30.
Mas isso não deve servir de estímulo ou justificativa para o erro, pois ele
constrói falsas doutrinas. Antes, a doutrina correta sobre o batismo deve
servir de incentivo a sermos, cada vez mais, obedientes ao ensino da
Palavra de Deus. Quem tem ouvidos para ouvir, ouça o que nos diz a